Clicky

O que Jesus Disse? O que Jesus Não Disse?

O que Jesus Disse? O que Jesus Não Disse?

 
Você está aqui: Perspectivas Diferentes de Enxergar o Mundo >> O que Jesus Disse? O que Jesus Não Disse?

O que Jesus Disse? O que Jesus Não Disse? – Crítica Textual do Novo Testamento
Quando se trata de crítica textual do Novo Testamento, os primeiros capítulos de O que Jesus Disse? O que Jesus Não Disse? por Bart Ehrman são geralmente excelentes. Eles apresentam a disciplina acadêmica da "crítica textual" de uma maneira simples e fácil de ler para o leigo. Na verdade, em minha jornada pessoal, quando ainda era um cético, estudei grande parte da evidência a favor desse mesmo manuscrito e achei que a "crítica textual" era uma ferramenta atraente que realmente estabelecia a credibilidade do Novo Testamento.

Naturalmente, Ehrman usa esses capítulos para cimentar a conclusão exatamente oposta. Assim, sua proposição no meio do livro:

    "Com a abundância de provas, o que podemos dizer sobre o número total de variantes conhecidas hoje em dia? Os estudiosos diferem significativamente em suas estimativas - alguns dizem que existem 200 mil variantes conhecidas, alguns dizem 300.000, alguns dizem 400 mil ou mais! Não sabemos ao certo por que, apesar de uma evolução impressionante na tecnologia dos computadores, ninguém ainda foi ainda capaz de contá-las. Talvez, como indiquei anteriormente, é melhor simplesmente deixar a questão em termos comparativos. Há mais variações entre nossos manuscritos que palavras no Novo Testamento.”1
A declaração que encerra o capítulo de Ehrman é absolutamente verdadeira. . . e absolutamente enganosa no contexto em que se encontra.

De fato, há aproximadamente 138.000 palavras no Novo Testamento grego (NT) e, como afirmou Ehrman, existem até o triplo de variantes. Inicialmente, isto parece chocante, mas quando realmente analisamos as possibilidades textuais, a declaração que Ehrman deixa em aberto é bastante enganadora. Na verdade, uma revisão básica da crítica textual predominante do NT revela que a maioria dessas variantes são totalmente insignificantes, tais como diferenças na ordem de palavras, grafia dos nomes próprios e a adição de simples artigos e conjunções.

Por exemplo, aqui estão algumas das variantes gregas para a simples linha: "Jesus ama Paulo.”2
  1. ‘Ιησούς αγάπα Παυλον -- [Jesus—ee-ay-sus / ama—agapa / Paulo—paulan]
  2. ‘Ιησούς αγάπα τον Παυλον -- [Jesus ama o Paulo]
  3. ό ‘Ιησούς αγάπα Παυλον -- [O Jesus ama Paulo]
  4. ό ‘Ιησούς αγάπα τον Παυλον -- [O Jesus ama o Paulo]
  5. Παυλον ‘Ιησούς αγάπα -- [Paulo Jesus ama]
  6. τον Παυλον ‘Ιησούς αγάπα -- [O Paulo Jesus ama]
  7. Παυλον ό ‘Ιησούς αγάπα -- [Paulo o Jesus ama]
  8. τον Παυλον ό ‘Ιησούς αγάπα -- [O Paulo o Jesus ama]
  9. αγάπα ‘Ιησούς Παυλον -- [Ama Jesus Paulo]
  10. αγάπα ‘Ιησούς τον Παυλον -- [Ama Jesus o Paulo]
  11. αγάπα ό ‘Ιησούς Παυλον -- [Ama o Jesus Paulo]
Surpreendentemente, essas variações representam apenas um pequeno número das possibilidades reais em grego. Por exemplo, se a sentença usasse palavras diferentes para "amor" (ou seja, φιλεί ao invés de αγάπα) ou se a sentença incluísse uma conjunção supérflua, tais como καιν [também] ou μέν [certamente], o número de possíveis variáveis cresceria significativamente. Adicione sinônimos como κύριος [Senhor] para 'Ιησούς [Jesus], ou palavras extras como Χριστός [Cristo] ou άγιός [santo]), e a lista de possíveis variações que não alteram o significado aumenta dez vezes.
    "Se uma sentença tão simples como 'Jesus ama Paulo' pode ter tantas variações insignificantes, umas simples 400 mil variantes entre os manuscritos do NT parecem ser uma quantidade quase insignificante.”3
Continue lendo!

Notas de Rodapé:
1 MISQUOTING JESUS: The Story Behind Who Changed the Bible and Why (O que Jesus Disse? O que Jesus Não Disse? Quem mudou a Bíblia e por quê), Bart Ehrman (HarperSanFrancisco: 2005), 89-90.
2 Note, por favor, que a ordem das palavras não é importante quando identificando o sujeito e objeto em grego.
3 Daniel B. Wallace, “The Gospel According to Bart,” retirado de Bible.org no dia 22 de março, 2007: http://www.bible.org/page.php?page_id=4000. A ilustração “Jesus ama Paulo” foi tirada do livro de Daniel B. Wallace, “Laying a Foundation: New Testament Textual Criticism”, em Interpreting the New Testament Text: Introduction to the Art and Science of Exegesis (a Festschrift for Harold W. Hoehner), ed. Darrell L. Bock e Buist M. Fanning (Wheaton, IL: Crossway, 2006).


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


A Bíblia é a verdade?

Cumprimento das Profecias Bíblicas
Conteúdo adicional ...

Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Por que a fé cristã?
Como posso crescer com Deus?
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
 
 
Pesquisar
 
Add O que Jesus Disse? O que Jesus Não Disse? to My Google!
Add O que Jesus Disse? O que Jesus Não Disse? to My Yahoo!
XML Feed: O que Jesus Disse? O que Jesus Não Disse?
Perspectivas Diferentes de Enxergar o Mundo Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2016 AllAboutWorldview.org, Todos os direitos reservados.