Perspectivas Diferentes de Enxergar o Mundo Terra colocada em um campo verde - Perspectivas Diferentes de Enxergar o Mundo Bandeira

Células-Tronco Embrionárias

Página extraída de Carta a uma Nação Cristã: Contraponto, por RC Metcalf. Para obter mais informações, por favor visite www.ThinkAgain.us.

Células-Tronco Embrionárias
Sua visão incompleta da moralidade evidentemente distorce a sua análise da investigação com células estaminais embrionárias. Se definíssemos "imoral" como apenas aquilo que causa o sofrimento humano, seu caso talvez tivesse algum mérito. Certamente as necessidades de sua "criança com lesão medular”42 são imperativas. No entanto, é a destruição de um embrião humano potencialmente viável para produzir células-tronco embrionárias realmente o melhor caminho para ajudar esta criança? Pesquisas com células-tronco embrionárias provavelmente não oferecerão a essa criança vantagens notáveis sobre a pesquisa com células-tronco adultas. Embora as células-tronco embrionárias se multipliquem mais rapidamente do que células-tronco adultas e tenham demonstrado produzir certa regeneração neuronal, ainda existe uma probabilidade significativa de que o sistema imunológico da criança vai reagir contra as células estranhas. Os pesquisadores descobriram que a presença da proteína nestin "indica que as células-tronco neurais são muito mais ativas do que se acreditava anteriormente. Nosso cérebro naturalmente aumenta a produção de células-tronco para ajudar uma lesão do sistema nervoso central.”43 Essas células-tronco produzidas naturalmente somente rendem astrócitos estruturais que fornecem suporte neuronal ao invés dos próprios neurônios. Estudos conduzidos em ratos por Grill e seus colegas demonstraram que o uso concomitante de neurotrofina 3 (NT-3) estimula as células-tronco neurais a se transformarem em neurônios funcionais que resultam em melhoria significativa das habilidades motoras.44 Fatores neurotróficos derivados do cérebro, como o NT-3, são proteínas que não têm o potencial de rejeição do organismo hospedeiro associado com a introdução de células-tronco embrionárias no local de uma lesão medular.

Em algumas outras situações médicas, linhagens de células-tronco embrionárias talvez ofereçam a melhor esperança. No entanto, realmente não temos como saber, neste momento, quanto êxito os pesquisadores encontrarão. Uma situação semelhante surgiu na década de 1970 e 1980 com o campo da terapia gênica. Pronunciamentos públicos dos resultados esperados da investigação da terapia genética produziram altas expectativas em uma multidão de pacientes sofridos. Isso resultou em um tremendo desapontamento quando os pesquisadores encontraram muitas inesperadas dificuldades técnicas inerentes a pesquisas médicas. Em 1995, com progressos mínimos depois de mais de uma década de investigação sobre a terapia gênica, o diretor dos Institutos Nacionais da Saúde comissionou uma revisão do campo, o que levou ao seguinte pronunciamento:

    Expectativas dos atuais protocolos de terapia gênica foram superestimadas. Uma representação superzelosa da terapia genética clínica tem obscurecido o caráter exploratório dos estudos iniciais, colorido o modo em que os resultados são retratados na imprensa científica e pública, e levado à amplamente difundida, mas equivocada, percepção de que a terapia genética clínica já é um grande sucesso. Tal distorção ameaça a confiança no campo e conduzirá inevitavelmente à decepção de ambas as comunidades médica e leiga. Ainda mais preocupante é a possibilidade de que os pacientes, suas famílias e profissionais de saúde possam tomar decisões insensatas sobre alternativas de tratamento, esperando por curas que equivocadamente creem estão bem próximas.’45
No campo da investigação com células estaminais embrionárias, os pacientes já desenvolveram grandes expectativas para um campo de estudo muito embrionário.

Os cientistas da Universidade Wake Forest e da Universidade de Harvard descobriram recentemente uma maneira muito menos controversa de coletar células-tronco embrionárias. Os pesquisadores recolheram "células-tronco do líquido amniótico doado por mulheres grávidas e transformaram-nas em vários tipos diferentes de células de tecidos, incluindo de fígado, de cérebro e de ossos. . . . O pesquisador de célula-tronco de Harvard, George Daley, disse que a descoberta pode significar que os futuros pais poderiam algum dia congelar as células-tronco para usá-las na geração de tecidos de substituição de uma criança doente, sem medo de rejeição dos tecidos.”46


Células-Tronco Embrionárias - A Pergunta da “Alma”
Você conclui que os cristãos se opõem a pesquisas com células-tronco embrionárias porque "a vida começa no momento da concepção"e "há almas em cada um desses blastocistos.”47 Em que a igreja cristã geralmente acredita no que diz respeito ao conceito de uma "alma"? A maioria dos cristãos geralmente acreditam que "a alma passa a existir no momento da concepção, quer por um ato direto de Deus (criacionismo) ou pela transmissão dos pais (traducianismo).”48 Eu me identifico com visão tradicional, o que significa que acredito que a alma passa de uma geração para a seguinte. No entanto, o ponto crucial do problema corpo-mente não está com a origem da alma dentro dos indivíduos, mas sim com a existência dessa mesma alma. Sua aparente ironia do conceito da alma me leva a acreditar que você está convencido de que "a pessoa humana é puramente um organismo físico, cuja experiências emocionais, morais e religiosas eventualmente serão explicadas pelas ciências físicas e biológicas.”49 Chamamos essa visão monista do problema mente-corpo de fisicalismo reducionista. Por outro lado, acredito que podemos alcançar uma maior compreensão da natureza da alma quando suprimimos o escárnio totalmente e aceitamos conhecimentos adquiridos através de ciência e teologia.

Embora a controvérsia sobre a natureza da alma permaneça vitalmente importante à questão da santidade da vida, a questão da dignidade humana inerente é igualmente indispensável. Martin Luther King, Jr. entendeu o conceito cristão da imago Dei. Sua crença inabalável na dignidade inerente da pessoa humana veio como um resultado direto de sua fé cristã. Ele recebeu o Prêmio Nobel da Paz de 1964 por seus esforços para promover a igualdade para pessoas de todas as raças. Quase 200 anos antes, o preâmbulo da Declaração da Independência dos EUA se referiu à verdade auto-evidente de que todos os homens foram criados iguais. No entanto, como nação, os americanos só recentemente chegaram a um consenso que suporte a verdade auto-evidente em relação às pessoas de raças diferentes. Talvez seja tempo de reconhecer esta mesma verdade auto-evidente em relação às pessoas em diferentes estágios de desenvolvimento.

Continue Lendo!

Leia Página 1 daCarta a Uma Nação Cristã: Uma Resposta.

Notas de Rodapé:
42 Sam Harris, p. 32.
43 http://www.namiscc.org/newsletters/December01/
SCI-stem-cell-research.htm.
44 Grill, R., Gage, F.H., Murai, K., Blesch, A. & Tuszynski, M.H. “Cellular delivery of neurotrophin-3 promotes corticospinal axonal growth and partial functional recovery after spinal cord injury” J. Neuroscience 17: 5560-5572 (1997).
45 Shirley M. Tilghman, “Address to the Stem Cell Institute of New Jersey” (Princeton University: November 11, 2004). (http://www.princeton.edu/president/speeches/20041111/index.xml), (http://www.nih.gov/news/panelrep.html).
46 Lynn Vincent, “First Do No Harm” (World Magazine: January 20, 2007), p. 30.
47 Sam Harris, p. 31.
48 J.P. Moreland & Scott B. Rae, Body & Soul: Human Nature & the Crisis in Ethics (Downers Grove, IL: InterVarsity Press, 2000), p. 205-206.
49 Phil Lueck, “What Does It Mean To Be Human?: In Search of a Theology of the Soul in an Age of Science: Issues, Assumptions, Options, and Challenges” (Minneapolis, MN: The MacLaurin Institute, 2006). (http://www.maclaurin.org/article_print.php?a_id=71).



O que você acha?
Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus, Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que creem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando, "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Qual a sua resposta?

Sim, eu quero seguir Jesus

Eu já sou um seguidor de Jesus

Ainda tenho dúvidas





How can I know God




When you die, why should God let you into heaven?


Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutWorldview.org, Todos os Direitos Reservados